Sexxxta-feira!

 

 

 

 

Dia de correr com o projeto (deadline é segunda, oi?), tem ensaio aqui em casa mais tarde, à noite tem “luau” na casa da Tory, e eu ainda tenho vinte mil trabalhos pra entregar segunda-feira! Nem ligo!
Tô aqui susse na correria. Enquanto eu tô por aí entoando meu mantra (TVP TVP TVP!!!!) assistam o vídeo e vão procurar o que fazer (mentirinha, adoro todo mundo! haha).
 

(Sensacional, man!)

Beijão.

Terapia do Riso

 

 

 

 

 

22h40 – ligação inesperada de um Guerrero faminto

Quarterão depois das dez
desabafos e piadas

conversa sóbria
gargalhadas no sofá

coca-cola inacabada
trilha sonora de banheiro

dividindo guarda-chuva
terminal Lapa indo embora
 

o terno adeus:

não obrigação, prazer, somente.

 

Ela tem um amigo!

(quem cuida de quem?)

 

Indaiatuba ou Irlanda, há o silêncio das saudades antecipadas,
(que tal desligar o relógio, esquecer dos problemas?)

(é que um “vamos aproveitar ao máximo nosso fim de ano”
nunca soou tão decisivo.)

o fim…

o fim é SEMPRE decisivo.
mesmo para um indeciso tão perdido no mundo.

aaaaaaaaai como eu amo.

Estive pensando…

 

 

 

…no quanto me afastei das pessoas de que gosto, ou mesmo no quanto abri mão do que gostaria várias vezes esse ano simplesmente por ter obrigações que eu não sei se queria mesmo ter.

Isso me fez tomar várias decisões que não colocarei aqui, mas que vão mudar muito na minha vida.

 

Se você for importante pra mim, verá de perto. Senão, saberá só de entrelinhas, como sempre aconteceu com os leitores desse humilde blog.

 

 

:* fui ali viver e já volto.

Ou não.

Eu Te Amo, Porra

Ah, eu não sinto mais vergonha, não.
Se a falta vai dizer por mim.
Você se engana tão melhor assim;
Guardando tanto amor que eu já não sei separar.
Eu não sei.

O som que faz quando um de nós se vai
é quase vai-e-vem.
Por muito tempo até que deslizei;
Não deu pra segurar, mas eu tentei.
Devagar.
Eu tentei.

E eu não quero um outro alguém –
muito menos se for
p’ra esconder o nosso bem
em um falso sorriso.
Pense muito bem
nesse abrigo indeciso.
Outra foto no mural
e eu fui cuidar de mim…

Fui procurar ajuda para um coração
trincado pela culpa,
vazando sem perdão.
Procurar ajuda para um coração
trincado pela culpa,
coagulando sem perdão.
Eu errei fazendo a coisa certa.
E, perdendo toda a essência,
acho até que não preciso de você…
quando preciso de você.

Poléxia

tudo passa

 

Eu você e todos os encontros casuais
os ais e os hão de ser
e todos os casais também
olha, acho até que quem achou que nunca ia
esse ia se espantar de ver que o ódio e o amor
e até eu vou pra ver no que vai dar
a massa a moça
e até esse pra sempre

tudo passa

 

(marcelo camelo)

The last time I saw youuu….

 

 

 

The 1st time I saw you
I did try hard to burn my eyes
Life was but a sad dream
I was but a sad breath
But you were something like sand
When sunlight hits the sea

The 2nd time I saw you
I was about to take the road
I asked would you wait for me
You said life ain't a highway
Better if we'd been born
As siamese songbirds

The 3rd time I saw you
We went to the zoo
All steady hot beers, sorrowful monkeys
Big eyes laughing
With I had not held hands

The 4th time I saw you
It was like I was gonna die
I was waiting outside
You just had a new guy
Asked me why, I, I

Son, won't you come along?
We have no time for another song
Won't you sing along?
We have no sea, child

The 5th time I saw you
He was traveling abroad
And your eyes, they were not here
You just made new friends
While I tried to stop with cigarrettes

The 6th time I saw you
I was properly insane
For the whisky I had drunk
The drugs I'd taken
Gimme just one chance you will realise

The 7th time I saw you
You were married again
If I had just once kissed you
Things wouldn't be the same
Surely the sky'd be different

The 8th time I saw you
I was strummin' the guitar
& your ear were just for him
My ears were a-bleeding
The waiter was blind
Please someone blind my eyes

The last time I saw you
It was about six a.m.
You approached me in a strange car
Finally kissed me
Then did wave goodbye
Before you disappear

Sometimes I ache, babe
Or I ain't hard enough to stand
But the days they just drown me
Coming back from work
Having sour breakfast
Seasick from your chest.
Vanguart

Previsível

“Ninguém é mais sentimento que você”.

Tory

Sonhar a noite toda com ele, escrever um manual de como se deixar iludir, ouvir Amy Winehouse compulsivamente, ganhar livro da melhor amiga e passar o sábado à noite sozinha em casa: deprê total.

Mas meu, quem é mais sentimental que eu?

 

MOMENTO DE PROJEÇÃO DA VONTADE

Marte na casa 1

DE: 04/10 Hoje, 7h14
ATÉ: 17/11 , 20h39

Nestes próximos dias, que vão de 04/10 Hoje e 17/11, Ariane, o planeta Marte estará passando pelo seu signo ascendente, marcando o seu setor da identidade. Este é um momento muito especial, que só acontece de dois em dois anos. Uma vez que a primeira casa é a mais importante casa astrológica de um tema astral, consequentemente Marte será o mais importante planeta em sua vida por alguns dias. Ele lhe concede vitalidade alta e, por fim, você sentirá uma grande necessidade de vencer e de se tornar alguém de destaque em seu campo de atuação.

Neste período, é bastante provável que você venha a se sentir com muito mais energia, com uma disposição especial para batalhar pelos seus projetos pessoais. Lhe parecerá, Ariane, que as coisas estão mais fáceis de serem resolvidas, mas a verdade é que você está num momento em que sua disposição pessoal para lutas está amplificada.

As pessoas poderão sentir em você uma agressividade maior, mas esta qualidade agressiva não é, por si só, boa ou ruim. Tudo depende da forma como você a vive.

A palavra “Marte” vem do latim, e significa “crescer, tornar-se grande”. E esta é a idéia para este ciclo, Ariane: é o momento de lutar por seu lugar ao Sol, o momento de fazer valer sua vontade afirmativa, nem que para isso você precise brigar um pouco mais.

É recomendável que você busque direcionar esta qualidade agressiva de uma maneira objetiva, caso contrário você pode simplesmente usá-la de maneira inadequada, explodindo em raivas ou cometendo atos impulsivos, precipitados. Em geral, recomendo a pessoas que, como você, passam pelo momento de energização marciana, que procurem praticar alguma atividade física neste período, a fim de descarregar o excesso de energia. É um momento bom para o exercício do sexo, conveniente para aproveitar esta “disposição a mais”. Ainda que você não tenha uma parceria sexual, a qualidade energética de Marte é positiva para caso você queira “caçar” pessoas de fora do seu círculo social. Afinal de contas, a energia conquistadora de Marte na Casa 1 não se limita apenas a propósitos materiais. Ela pode ser utilizada para propósitos amorosos, também!

Neste ciclo, você perceberá que estará conquistando as coisas com maior facilidade. Mas fique atento, Ariane: este é um momento altamente individualista, e o preço a pagar é que isto pode perturbar um pouco as suas relações afetivas. Não é um momento em que você está com muita disposição para fazer concessões em nenhum de seus relacionamentos, e é possível que nesta fase algumas pessoas lhe acusem de egoísmo. No final das contas, Ariane, é tudo uma questão de proporção: se você souber aproveitar esta “energia a mais” de uma forma consciente e direcionada, canalizando sua agressividade para onde deve, com finalidades úteis e propósitos definidos, tende a ser um excelente período. A idéia deste ciclo de Marte é a da aceleração da vontade pessoal.

SÍNTESE DO MOMENTO:

Cores recomendadas para o período: vermelho e negro, as cores de Marte que estimularão mais ainda a sua vontade pessoal numa direção afirmativa.

Vida afetiva: este é um momento de muito individualismo, Ariane! Favorece muito o sexo e as novas conquistas, mas cuidado com uma tendência de ficar vendo demais o próprio lado nesta fase.

Vida profissional: excelente momento para lutar por objetivos bem definidos e alcançar resultados concretos para seus esforços.

Saúde: cuidado com febres e com uma pequena tendência a acidentes por conta de atos impulsivos e apressados.

Vida espiritual: este é um dos momentos mais “pé no chão” do seu ano, Ariane. Mas convém não perder o prumo da sua espiritualidade, lembre-se que é importante um tempo para meditar e refletir, caso contrário o mundo, com seus problemas e questões práticas, nos engole!

 

Personare, Personare… Uh.

Automatic Flowers

Porque hoje o @willpubli me definiu melhor que qualquer um quando me mandou essa música. E eu acho muito digno registrar. 🙂

And Sara thinks she’s died here once before
She’s crazy
A pop-up book, of flowers from grade 4
Are driving her insane
No one knows why
She’s sad tonight
No one can help her find

Crying crying, she couldn’t afford the view
Crying crying, these automatic flowers won’t do

Another brick
Another window frames confusion
Her garden blooms
But Sarah can’t see straight
She’s drinking herself blind

No one knows why
She stares outside
No one can help her find

Crying crying, she couldn’t afford the view
Crying crying, these automatic flowers won’t do

She never admitted
She never considered
That she always means better
She’s wasting all her time

Crying crying, she couldn’t afford the view
Crying crying, these automatic flowers won’t do
These automatic flowers won’t do
Flowers won’t do

Não é legal como são as pessoas que a gente menos imagina que têm a melhor percepção ao nosso respeito?