abra os olhos

sei que há algo além. mas não alcanço.

derrapo entre as palavras não ditas que deixo acumular pelo chão todas as vezes que você (des)aparece. eu quero mais, sempre quero mais. é como se faltasse alguma coisa, como se essa energia toda que sinto quando você me toca fosse em vão. como se todos as declarações de amor que trocamos fossem vazias.

falta alguma coisa, eu não sei o que é, mas quero.

eu quero de verdade, por inteiro, sem máscara, sem passado ou futuro assombrando, só você, sua pele sobre mim. só nós dois, falando sobre o resto do mundo, sorrindo contra o resto do mundo.

eu quero a sua presença até na ausência, fazer do amor um amigo. quero tanto em tão pouco… porque sei que há algo além.

quero. sei. mas não alcanço de maneira alguma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *