times like these

Há quase dez anos (estava na oitava série?) eu tinha um CD com essa música. Daqueles que você gastava uns três dias de conexão discada no Kazaa baixando faixa a faixa e depois gravava com o maior carinho, sabe? E ouvia essa no loop, às vezes chorando feito uma criança (o que, de fato, eu era), sem entender nada. Passou um tempão. Tanto tempo que eu mal lembrava disso até o início do mês, quando aconteceu algo que eu nunca havia imaginado.

Ganha um prêmio quem encontrar na foto a menina serelepe que ficava ouvindo Times Like These no discman enquanto o professor de matemática passava a correção dos exercícios na lousa.

Pouco mais de dez dias atrás pude ouvi-la ao vivo. Da forma mais intensa possível: no Jóquei lotado, esmagada entre milhares de pessoas que também estavam ali e compartilhavam daquela loucura comigo. Pessoas que talvez também não acreditassem que um dia fossem viver isso. Estava com muita dor, cansada, preocupada. Mas Dave Grohl cantava Times Like These pra mim. Pessoalmente. Por alguns minutos, nada disso importava. Senti muita vontade de chorar, apesar de não fazê-lo.

E continuo sem entender nada, como há dez anos.

Mas é tão bom me entregar… Dar play de novo e de novo. E de novo. It’s times like these, you give and give again.

And again.

2 comentários em “times like these”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *