e então

na maior parte do tempo há a dor de não fazer nada de útil com toda a inspiração e os sentimentos que me acometem. porque eu sou assim, intensa e facilmente obcecável. tudo parece muito maior para mim, talvez porque eu faça de tudo algo maior.

Um comentário em “e então”

Os comentários estão fechados.