rapidinha

percorrendo algumas anotações antigas (o caos) para preencher uma pauta (reciclagem de informações, acho sustentável etc), encontrei umas observações minhas sobre mate-me por favor e punk:attitude. alguma coisa sobre o fato de eu ter essa postura constante de overanalyze everything que todo mundo critica (com razão), uma citação ilegível de Bob Gruen e uma conclusão justa. o negócio não é se sentar no seu lugar e compreender tudo o que acontece. o negócio é ter uma experiência caótica. faz anos, mas acho que ainda preciso absorver.

a julgar pelos últimos meses, tenho feito meu melhor.

Um comentário em “rapidinha”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *