dia de quinta

[juro que o post é ainda mais babaca que o trocadilho do título]

as piores coisas:
estar na cama e não dormir,
querer alguém que não vem,
tentar agradar e desagradar.

irônico, mas trombei com esse trecho grifado no meu CRACK-UP nessa madrugada insone. bah, bobeei também de ir fuçar Fitzgerald às duas da manhã. sentia as três fucking piores coisas. ao mesmo tempo.

—-

enfim, não lembrava do grifo.
ok: levantei às 5h, depois de horas tentando, em vão, dormir.

—-

desejos do dia:
red-filtered ones.
café.
leituras.

teria dado tudo certo antes mesmo das sete e meia da manhã, mas o shuffle tocou Coldplay, o caixa eletrônico tava sem grana (gente, como pode, me diz? por que comigo?) e nenhuma das padarias da redondeza aceitava master débito. cara, sério, vou começar a boicotar estabelecimentos que só aceitam VISA. simples assim.

—-

também hoje cedo sumiu meu cartão da empresa e fiquei trancada para fora até encontrar-me com a ADORÁVEL faxineira. não fosse ela, teria esperado ao menos 40 minutos até a recepcionista chegar. (e não me perguntem por que eu chego antes da recepcionista, acontece)

—-

em resumo: TÁ TUDO CAGADO. pelo menos até a hora em que eu tomar meu maldito café com fumaça.

—-

alguém aí acredita em INFERNO ASTRAL antecipado?
porque assim, só de vislumbrar 29 de março no horizonte, meu fevereiro tá sendo a maior fonte de #VDM do universo.

esse post entrava fácil no hatemaltine.

3 comentários em “dia de quinta”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *