status: desinteressada

eu acho bastante engraçado ver que as pessoas sentem prazer em machucar. em outros tempos, sofreria. hoje apenas relevo. é da natureza humana, não? e a maior forma de revidar é ignorando. nada incomoda mais quem quer nos botar pra baixo do que ver que suas investidas foram inúteis.

eu sei, sei que sou masoquista. mas nem todo tipo de dor me dá prazer, e é por isso que tenho me policiado tanto. ainda agorinha twittaram sobre usar as pessoas como alicerce: faz tempo notei que é um erro, faz tempo não o faço mais (e nada me deixou mais feliz do que perceber que, diferente de muita gente ao meu redor, sou capaz de seguir sozinha). é por isso que o outro lado se incomoda. é por isso que me provoca. talvez seja ruim se considerar indispensável para alguém e descobrir de repente que não é verdade (não sei, nunca tive a petulância de me considerar indispensável). em todo caso, descobri a solução para as agressões gratuitas: tenho mostrado da melhor maneira que ninguém me é indispensável agora. é, e é o que tenho feito.

[se  já estava desnorteada com tantas lembranças, realizem meu estado agora que li diários antigos no final de semana. enfim, a sensação que fica é vanilla ice, sabem? even in my dreams I’m an idiot… who knows he’s about to wake up to reality. sou feliz, apesar de tudo isso.]

6 comentários em “status: desinteressada”

  1. =)

    eu queimei meus diários antigos depois de um dia que entrei em depressão lendo um deles. foi uma sensação de catarse que eu não trocaria pelas lembranças deles, me fez um bem danado de aprender a seguir.

    não que isto serviria pra vc, é claro. só um comentário de algo que lembrei.

  2. apesar de tudo ainda tenho meus diarios quardados
    as vezes penso em jogar fora
    e as vezes sinto vontade de ler eles
    porem sinto um medo de relembrar aqueles momentos

    le os seus post me faz ter muita nostalgia
    é algo que me da certo prazer…

    abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *