Blindness

Mergulhei demais dessa vez. Nunca tinha lido esse livro dessa maneira. Nunca tinha me visto como personagem dele. Sempre tinha a sensação de estar assistindo a tudo, como se fosse mais uma “privilegiada” a quem o mal não alcançaria. Dessa vez não. Dessa vez, cada nova linha aumenta o medo de piscar. O medo de fechar os olhos. De não ver nada ao abrir. Do mar de leite.

Eu nunca tinha lido isso assim. Nunca. Vai ver foi o álcool, quem sabe. Não importa, nada mais me importa. E sério, agora eu gosto do livro ainda mais. Fascinante.

Ainda não vi o filme, não tive tempo nem muito estímulo no ano passado. Não gosto de ver filmes dos meus livros favoritos, sempre acabo achando uma droga.

Mas essa última leitura, de ontem pra hoje… Essa última me deixou com uma vontade louca de saber como encenaram Saramago. Sempre achei impossível. Acho mais difícil ainda agora, que me senti parte da trama. Bora lá, quem sabe eu me aventure qualquer dia desses…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *