Férias

Havia esquecido o quanto é chato ficar sem fazer nada. Graças à minha mãe e às 4 horas e meia que fiquei sentada numa sala de espera eu lembrei muito bem. E já tô planejando minhas saídas, porque senão, ninguém merece o segundo semestre. Bora lá. Eu sobrevivo.

Em clima de Vinícius de Moraes.

Cuidado, companheiro!
A vida é pra valer
E não se engane não, tem uma só
Duas mesmo que é bom
Ninguém vai me dizer que tem
Sem provar muito bem provado
Com certidão passada em cartório do céu
E assinado embaixo: Deus
E com firma reconhecida!
A vida não é brincadeira, amigo
A vida é arte do encontro
Embora haja tanto desencontro pela vida
Há sempre uma mulher à sua espera
Com os olhos cheios de carinho
E as mãos cheias de perdão
Ponha um pouco de amor na sua vida
Como no seu samba

Cantado

Ponha um pouco de amor numa cadência
E vai ver que ninguém no mundo vence
A beleza que tem um samba, não

Porque o samba nasceu lá na Bahia
E se hoje ele é branco na poesia
Se hoje ele é branco na poesia
Ele é negro demais no coração

(Bom demais reescutar os favoritos! Nada melhor que férias, MPB e … deixa pra lá.)

Dream

How many a year has passed and gone,
And many a gamble has been lost and won,
And many a road taken by many a friend,
And each one I’ve never seen again.

I wish, I wish, I wish in vain,
That we could sit simply in that room again.
Ten thousand dollars at the drop of a hat,
I’d give it all gladly if our lives could be like that.

E quando tudo vai passando por sua cabeça – tudo que você já viveu? O tempo passou, e, definitivamente, 18 anos não são tão pouco assim. Parece que eu já vivi bastante – e nem lembrava. O que queria mesmo era saber entender porque tudo sempre me vem a mente junto de um aperto na garganta – por que tudo se recusa a me trazer um sentimento bom?

Elegia Lírica

 

Vinicius de Moraes


(…)

A minha namorada é tão bonita, tem olhos como besourinhos do céu

Tem olhos como estrelinhas que estão sempre balbuciando aos passarinhos…

É tão bonita! tem um cabelo fino, um corpo menino e um andar pequenino

E é a minha namorada… vai e vem como uma patativa, de repente morre de amor

Tem fala de S e dá a impressão que está entrando por uma nuvem adentro…

Meu Deus, eu queria brincar com ela, fazer comidinha, jogar nai-ou-nentes

Rir e num átimo dar um beijo nela e sair correndo

E ficar de longe espiando-lhe a zanga, meio vexado, meio sem saber o que faça…

A minha namorada é muito culta, sabe aritmética, geografia, história, contraponto

E se eu lhe perguntar qual a cor mais bonita ela não dirá que é a roxa porém brique.

Ela faz coleção de cactos, acorda cedo vai para o trabalho

E nunca se esquece que é a menininha do poeta.

Se eu lhe perguntar: Meu anjo, quer ir à Europa? ela diz: Quero se mamãe for!

Se eu lhe perguntar: Meu anjo, quer casar comigo? Ela diz… — não, ela não acredita.

É doce! gosta muito de mim e sabe dizer sem lágrimas:

Vou sentir tantas saudades quando você for…

É uma nossa senhorazinha, é uma cigana, é uma coisa

Que me faz chorar na rua, dançar no quarto, ter vontade de me matar e de ser presidente da república.

É boba, ela! tudo faz, tudo sabe, é linda, ó anjo de Domremy!

Dêem-lhe uma espada, constrói um reino ; dêem-lhe uma agulha, faz um crochê

Dêem-lhe um teclado, faz uma aurora, dêem-lhe razão, faz uma briga…!

E do pobre ser que Deus lhe deu, eu, filho pródigo, poeta cheio de erros

Ela fez um eterno perdido…
O poema acima foi extraído do livro”Antologia Poética”, Editora do Autor – Rio de Janeiro, 1960, pág. 68.

[Estudando: provas na letras e muuuitos trabalhos no jornalismo.]

Crise

Distúrbio bipolar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Como categorizado pelo DSM-IV e o pelo CID-10, o distúrbio bipolar é uma forma de distúrbio de humor caracterizado pela variação extrema do humor entre uma fase de maníaca ou hipomania, hiperatividade e grande imaginação, e uma fase de depressão de inibição, lentidão para conceber idéias e realizar, e ansiedade ou tristeza. Juntos estes sintomas são comumente conhecidos como depressão maníaca.

História

A depressão maníaca, com seus dois principais subtipos, distúrbio bipolar e depressão maior, foram inicialmente descritos clinicamente perto do fim do século XIX pelo psiquiatra Emil Kraepelin, que publicou seu conhecimento da doença em seu Textbook of Psychiatry. Como se descreve a seguir, existem várias formas do distúrbio bipolar.

[editar] Introdução

O distúrbio bipolar do humor, também conhecido como transtorno bipolar, é uma doença caracterizada por episódios repetidos de mania e depressão. Uma pessoa com transtorno bipolar está sujeita a episódios de extrema alegria, euforia e humor excessivamente elevado (hipomania ou mania) e também a episódios de humor muito baixo e desespero (depressão). Entre os episódios, é comum que passe por períodos de normalidade[1][2].

Deve-se ter em conta que este distúrbio não consiste apenas de meros “altos e baixos”. Altos e baixos são experimentados por virtualmente qualquer pessoa e não constituem um distúrbio. As mudanças de humor do distúrbio bipolar são mais extremas que aquelas experimentadas pelas demais pessoas. Veja ciclotimia para uma versão moderada deste distúrbio.

O doente de distúrbio bipolar é também comumente chamado de “maníaco-depressivo” por leigos (e por alguns psiquiatras do século vinte), entretanto, este uso não é popular atualmente entre os psiquiatras, que padronizaram o uso de Kraepelin do termo depressão maníaca para descrever o espectro bipolar como um todo, que inclui tanto o distúrbio bipolar como a depressão; eles agora utilizam distúrbio bipolar para descrever a forma bipolar da depressão maníaca[3].

A natureza e duração dos episódios variam grandemente de uma pessoa para outra, tanto em intensidade quanto em duração. Nos casos muito graves, pode haver risco pessoal e material.

A doença pode se manifestar em crianças, porém talvez pela dificuldade em identificá-la, se manifesta em grande parte em adultos, por volta dos 15 a 25 anos[1][2].

[editar] Euforia e Depressão

O paciente de bipolaridade pode chegar ao extremo da depressão seguida de suicídio e, no outro extremo, a euforia de tentar escrever um livro num só dia, por exemplo.

[editar] Euforia

Saber lidar com as situações extremas é quase decisivo e a maior dificuldade: o bipolar quase nunca percebe quando está hiperagitado. Quando percebe, recusa-se a aceitar o fato, e pior, tanto num caso quanto no outro, gosta de estar eufórico. Resiste firmemente a tomar medicamentos; abusa de drogas e álcool; gasta suas finanças (e, se possível, as alheias) de forma descontrolada; torna-se impulsivo, irascível, promíscuo, inconseqüente.

[editar] Depressão

Nos períodos de depressão – o risco de suicídio é grande. Conjunto a isso, há dois outros fatores: as drogas, que produzem sintomas parecidos e a rebeldia na juventude[4].

[editar] Principais Sintomas

Advertência: A Wikipedia não é um consultório médico.

Se necessita de ajuda, por favor consulte um profissional de saúde.

[editar] Como identificar o humor

Após um diagnóstico positivo do THB (Transtorno de Humor Bipolar), entra a segunda parte, a mais difícil, com o paciente que pode estar incapacitado e seus familiares, saber se está ou não em surto, é uma dificuldade constante para o portador de THB. A preocupação por amplos sectores da saúde e da sociedade em geral, em especial a saúde mental, é o de garantir o bem estar dos portadores do transtorno e impedir a incapacitação dos “doentes”.

Nem sempre os sintomas maníacos ou depressivos são bem claros. Até quem convive com um bipolar sente dificuldade em distinguir uma aflição comum da depressão ou sua alegria de euforia. � difícil um diagnóstico preciso para qualquer um fazer, mesmo para um profissional da saúde que acompanha há um longo tempo um paciente.

Com a implantação dos hospitais-dia, reuniões com parentes e pacientes, a evolução está sendo suprida. O paciente deveria ser o maior sabedor das coisas que envolvem a doença para conseguir controlá-la.

Sintomas da Depressão[5][6]

O individuo deprimido em geral se sente abatido, quieto e triste. Pode dormir muito, como uma fuga do convívio, reclamar de cansaço em tarefas simples como escovar os dentes, apresentar traços de baixa auto-estima e de sentimentos de inferioridade. Demonstra pouco interesse pelos acontecimentos e coisas e pode se isolar da família e amigos.

O indivíduo pode se sentir nesta fase culpado por erros do passado, e fracassos em sua vida e de seus familiares. Pode haver irritabilidade, lamentos e auto-recriminação.

Pode haver um distúrbio do apetite tanto para aumentá-lo, como para diminuí-lo. O deprimido pode apresentar queda na sua imunidade, o que o deixa predisposto a contrair doenças. Em alguns casos a depressão pode se manifestar de forma psicossomática, e o indivíduo pode apresentar algumas doenças de causa psicológica, que normalmente se caracterizam por dores pelo corpo ou cabeça.

Há uma queda da libido e o indivíduo se afasta de seu companheiro, se o possuir.

� comum nesta fase pensamentos suicidas, uma vez que o indivíduo se sente mal em sua vida e sem energia para mudá-la. A conseqüência mais grave de uma depressão pode ser a concretização do suicídio.

Sintomas da Euforia (Mania)[5][6]

Na fase eufórica o indivíduo pode apresentar sentimentos de grandiosidade, poderes além dos que possui e grande entusiasmo. O indivíduo passa a dormir pouco, tornar-se agitado.

Pode falar muito, ter muitas idéias ao mesmo tempo.

Há uma alteração na libido e o indivíduo tem um aumento do desejo sexual.

O indivíduo perde a inibição social, podendo passar por situações vexatórias por falta de senso crítico.

Nesta fase é comum os indivíduos se endividarem ou perderem muito dinheiro, comprometendo até bens de família. Durante os delírios de grandeza os gastos são muito acima do que sua realidade permitiria. Devido ao grande otimismo, é possível o indivíduo emprestar dinheiro a pessoas que mal conhece e que podem aproveitar-se da situação.

No tipo de TBH com surtos psicóticos, é comum nesta fase que o paciente tenha alucinações e delírios de grandeza.

[editar] Tratamento

O distúrbio bipolar é uma patologia que acomete cerca de 1,6% da população hoje em dia. No entanto, hoje é perfeitamente tratável. As alarmantes trocas bruscas de humor, todavia, podem ser controladas pelos medicamentos conhecidos. O tratamento com carbonato de lítio é o mais antigo e ainda em uso, e hoje há significativos progressos no estudo de novos tratamentos com poucas, mas significativas novas medicações introduzidas na medicina nos últimos tempos.

Equivocada é a idéia de que a bipolaridade seria estar hiper contente pela manhã, triste à noite e com um sentimento médio à tarde. Tal idéia não traduz a bipolaridade. Na verdade a bipolaridade pode vir a se manifestar nos dois pólos da doença: depressão e mania. Hoje há remédios de última geração que controlam com sucesso qualquer alteração de humor para esses dois pólos da doença. Geralmente são antidepressivos e o tratamento mais antigo, o carbonato de lítio. Os portadores da bipolaridade geralmente são pessoas que se destacam nas actividades que exercem, principalmente no que condiz à arte (Mozart, Van Gogh, Vivien Leigh, Schumman, Jaco Pastorius) e à política (W. Churchill, Ulisses Guimarães)[7].

Com o uso de medicamentos adequados e de apoio psicológico, é perfeitamente possível atravessar períodos indefinidamente longos de saúde e ter vida plena[8][9].

O tratamento exige acompanhamento profissional, o uso fiel e bem monitorado dos medicamentos adequados e o comprometimento do paciente em buscar para si uma vida melhor. O apoio e a compreensão da família ou de amigos chegados são de grande valia ao doente.

[editar] Terapia ocupacional

A partir de conceitos do CID-10 o tratamento da bipolaridade não só trocou de nome (PMD – Psicose Maníaco-Depressiva) do CID X mas, também há precoce tratamento aos pacientes crônicos em hospitais-dia, onde se fazem terapias ocupacionais durante o dia e, à noite, os pacientes voltam ao convívio de suas famílias. Se só o nome já assustava, imagine-se a situação em que o bipolar comunica sua patologia a um leigo dizendo que tem psicose maníaco-depressiva. Seu interlocutor pensará que é um louco sem controle ao ouvir esses termos.

São pessoas úteis à comunidade em que vivem, mas que podem ser marginalizadas pela patologia que apresentam. Se bem tratados e acompanhados psicologicamente mais de perto, são seres humanos como outros quaisquer e, melhor ainda, com possibilidades de render mais em certos setores.

[editar] Como controlar

Regularmente[9]

  • Acompanhamento médico e psicoterápico
  • Uso da medicação prescrita conforme recomendação médica.
  • O uso da medicação é particularmente importante porque é bastante comum que o paciente de bipolaridade deseje interromper a terapia medicamentosa. A interrupção no uso do medicamento recomendado, via de regra, desencadeia novos episódios da conduta característica a essa condição: estados de depressão mais intensa e maior exaltação na euforia
  • Restrição ao uso de álcool e drogas
  • Vida saudável com horas de sono suficientes e em horário regular, alimentação equilibrada e atividade física adequada.

ressaca moral

Chegando do bar com MILHÕES de novos conceitos.

Cada dia mais certeza de que tenho fobia social.

E hoje não tinha o amigo-pílula-de-alegria pra me xingar, dar um abraço e me fazer ter certeza de que estava tudo bem.

Não mesmo.

Ariane, clae a boca. esse é o caminho. Calar a boca.

[e ir embora direto, sem saídas sociais.]

PELO NÃO À VIDA OFFLINE.

Sorte de hoje: O grande prazer da vida é fazer o impossível

Feel like a broke-down engine, ain’t got no drivin’ wheel,
Feel like a broke-down engine, ain’t got no drivin’ wheel.
You all been down and lonesome, you know just how a poor man feels.

[Dylan, my man]

Eu posso estar sendo bastante ingênua, mas realmente fiquei feliz com o e-mail de alguns minutos atrás. Não sei, conseguiu a proeza de me fazer sorrir. E reler. E reler. E reler. E sorrir mais um pouquinho.

E quer saber? Eu nem ligo se todo mundo me odeia. Se tudo está dando errado. Hoje eu vou fazer o impossível, como me ensinou o sábio orkut, e vou viver cada segundo. Nesse instante, estou feliz.

Tenho que confessar que se sorrio agora é por culpa do senhor uber social que vive me atormentando mas me faz um bem danado… Vivas para ele.

E agora vou entrar em concentração porque esse prédio da Gazeta só me traz problemas ultimamente… -.-‘

Booooooooa noite.

Obviedades

Gonna change my way of thinking,
Make myself a different set of rules.

Gonna change my way of thinking,
Make myself a different set of rules.
Gonna put my good foot forward,
And stop being influenced by fools.
Stripes on your shoulders,
Stripes on your back and on your hands.
Stripes on your shoulders,
Stripes on your back and on your hands.
Swords piercing your side,
Blood and water flowing through the land.Well don’t know which one is worse,
Doing your own thing or just being cool.
Well don’t know which one is worse,
Doing your own thing or just being cool.
You remember only about the brass ring,
You forget all about the golden rule.

You can mislead a man,
You can take ahold of his heart with your eyes.
You can mislead a man,
You can take ahold of his heart with your eyes.
But there’s only one authority,
And that’s the authority on high.

I got a God-fearing woman,
One I can easily afford.
I got a God-fearing woman,
One I can easily afford.
She can do the Georgia crawl,
She can walk in the spirit of the Lord.

Jesus said, “Be ready,
For you know not the hour in which I come.”
Jesus said, “Be ready,
For you know not the hour in which I come.”
He said, “He who is not for Me is against Me,”
Just so you know where He’s coming from.

There’s a kingdom called Heaven,
A place where there is no pain of birth.
There’s a kingdom called Heaven,
A place where there is no pain of birth.
Well the Lord created it, mister,
About the same time He made the earth.

 

 

[Dylan falando comigo de novo! (Procure no arquivo e você encontra vários diálogos nossos, haha!) É, parece que falta alguma coisa… olhe bem.]

10 things I hate about myself

 

I’m really very good at making people that I admire hate me.

I don’t like boys like I should do. But neither do I like girls. Unfortunately, there’re just boys and girls in this fucking world.

Sometimes I feel like a stupid want to be.

I just should stop talking and start doing. But I use to dream too much.

I just can see my life with my own point of view. I mean, I can try to understand other opinions, but different people are different worlds.

 

… TO BE CONTINUED (I JUST REALLY NEED TIME!)