{des}entendimentos

Eu ainda não entendi muitas das coisas que ouvi, li, falei e escrevi até hoje. (Outras, tenho certeza de que nunca vou entender.) Parece que, por mais que eu queira poder interpretar as coisas, não há tempo. Há sempre uma nova interpretação para se sobrepôr. Sempre novas informações sem me pedir licença. Bêbada de sono, completamente angustiada, assisto a vida passar por mim: louca de vontade de agir, mas sem a mínima idéia do que fazer. Às vezes tenho idéias. Todas parecem estúpidas. Vez por outra, tão geniais que seria estupidez supôr que funcionariam. Eu nunca concordo comigo. Estou deslocada no mundo que eu mesma criei pra mim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *