Epifania

Alguém perguntará em que estou pensando,
Sorrirei sem dizer que em você
Profundamente.


Manuel Bandeira


Tantas “não-despedidas”, tantas saudades que não são saudades. Eu só queria ser capaz de entender o por que de algumas das minhas mudanças. Mas quer saber? Eu desisto, desisto de tentar me entender. Por hoje só o que passa em minha cabeça (além da enorme enxaqueca e da pressão escolha-sua-profissão-até-domingo) é a grande rejeição desse meu estado “Metamorfose Ambulante”. Eu sou fã das mudanças, mas não entendo porque rejeito tantas coisas/pessoas apenas porque “enjoei” delas, sem motivo verdadeiro algum.

E dane-se, quero meu bom-humor de volta AGORA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *