???? ~ ??? ~ ???? ~ ???

A paixão pela destruição é uma paixão criativa. Mikhail Bakunin

Devia ser proibido abandonar o blog! É, sem meus desabafos diários eu fico (ainda mais) chata! Acontece que a vida não anda tão suuuuuave assim. Poxa vida, responsabilidades, pressões, obrigações… ninguém merece né? (Merece sim, e eu sou a primeira a mereceeeeer! Quem mandou não estudar ano passado?) Bom, em suma – embora eu esteja reclamando de não ter postado – não aconteceu nada de mais essa semana. Aliás, acho que se eu tivesse tido tempo, nem assim eu entraria aqui. Foi a semana baixo-astral. Estive caladona, pensativa, magoada… E não, realmente não sei o que aconteceu. Simplesmente eu senti uma incompletude em mim, mas não sabia o que faltava (aliás, ainda não sei!), logo não podia resolver. Sabe, essa fase véspera-de-vestibulares é a pior do ano. Sem exagero nenhum. Eu só espero que seja a última vez que eu tenha que passar por ela… tenho me esforçado para isso. Eu não sei se esse medo que estou sentindo é normal, eu não sei se é possível abafar esse sentimento, eu nem sei mesmo se não estou sendo uma boba ao me deixar levar por esta insegurança. Melhor aproveitar meu bom-humor e não falar sobre isso.


Sem palavras para o dia de ontem. Acordei tarde – oito e meia, por aí *o* – saí com minha mãe para encontrar o local onde ela faria prova hoje. Depois fomos à Galeria (que eu posso chamar de um local bizarro se levar em conta quem o frequenta) escolher o desenho da tatoo que ela quer fazer. Sim, ela simplesmente decidiu que vai fazer uma. Foram horas e horas olhando vitrines, escolhendo desenhos, procurando a correntinha que eu queria (e não encontrei i-i~~), escolhendo camisetas… Enfim, foi uma tarde especial, porque há muito eu não tinha um tempo só pra mim e pra ela, juntas, cúmplices. A minha melhor amiiga, a que me conhece melhor, a que sabe coisas sobre mim que nem eu mesma sei. (Vamos parar por aqui – porque seria eterna uma definição materna, e, ainda assim, imprecisa.) Cheguei em casa e recebi uma surpresa de alguém que eu amo muito *-* (babando até agora), descansei, fiz tudo aquilo que queria (o que significa: NADA!). Cometi o erro de tomar duas xícaras ENORMES de café antes de dormir, então passei a madrugada estudando (e foi muito bom ô.õ). Pra muitos, um dia tedioso. Pra mim o melhor dia desse mês inteiro…


Acho que domingo sem tédio não é domingo! Como assim eu vou dormir às 4 da manhã e acordo 8 horas já super animada? Patético isso. Até porque, onde já se viu uma pessoa ficar na madrugada estudando, dormir por apenas quatro horinhas e acordar sedenta por pesquisar, ler, escrever – E NOVO? e agora não há nada melhor mesmo pra fazer… Devo ter algum problema! haha. Enfim, eu quero muito continuar com essa alegria no coraçãozinho (e torço para que ela não vá embora com a primeira roupa que eu tentar vestir) pra poder passar por uma semana mais divertida! Poxa, amanhã começa a apostila seis, domingo tem Enem… (Tô me sentindo uma nerd T-T).

Bom, melhor parar por aqui – porque hoje relamente estou escrevendo como se tivesse 5 anos de idade. HAHA

?
????

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *